Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem-vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

29.10.19

««Tradições »» Merendeiras ou Broinhas dos Santos (receita 9) - Broas dos Santos com Abóbora

Miluem

Broas-dos-Santos-com-Abóbora.jpg

Broas dos Santos com Abóbora

 

 

À receita tradicional das broas dos Santos, também conhecidas como bolos dos Santos, alia-se a abóbora e o resultado são uns bolinhos deliciosos, capazes de fazer crescer água na boca. Como se costuma dizer, estes bolos, típicos do dia de Todos os Santos, são de comer e chorar por mais…

 

 

Ingredientes:

 

    ½ colher (sopa) de canela

    ½ kg de farinha de milho

    1 colher (sopa) de sementes de erva-doce

    1 pitada de sal

    100 ml de água fria

    1 kg de farinha de trigo

    1 pau de abóbora

    1,5 kg de abóbora-menina

    250 g de açúcar amarelo

    30 g de fermento de padeiro

    50 g de nozes

    50 g de passas

    50 g de pinhões

    ovo p/ pincelar

 

 

Confeção:

 

Coza a abóbora num pouco de água com sal, escorra e esmague-a. Reserve a água.

 

Dissolva o fermento na água fria e junte as farinhas, previamente misturadas, amassando vigorosamente à medida que vai juntando a abóbora e o açúcar. Se necessário, junte um pouco da água de cozer a abóbora.

 

Quando a massa tiver uma consistência bem elástica, tape e ponha-a a levedar em local temperado.

 

Corte os frutos secos em pedaços e reserve.

 

Mergulhe as passas e o pau de abóbora em água morna, enxugando-os de seguida.

 

Estando a massa levedada, adicione a erva-doce e a canela, os frutos secos, as passas e o pau de abóbora.

 

Ponha um pouco de farinha e da massa num recipiente com cerca de 10 cm de diâmetro.

 

Molde a massa em bolas, rodando o recipiente. Repita a operação as vezes necessárias para terminar o preparado.

 

Disponha as broas em tabuleiros untados com azeite, pincele-as com ovo e leve a cozer em forno bem quente (200º a 220º C), entre 30 a 40 minutos.

 

http://www.docesregionais.com

5 comentários

Comentar post