Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem-vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

05.01.22

««Tradições »» Jogo do Rapa

Miluem

6492024573_77751093c7.jpg

Jogo do Rapa

 

O "Jogo do Rapa" é um dos mais populares do nosso país, sendo jogado quase sempre por crianças, tantos rapazes como raparigas, principalmente durante o tempo da escola primária.

 

O Rapa pode ser jogado tanto por duas como por mais crianças. 

Regra geral pode ser jogado à volta de uma mesa, num muro com base superior plana e mais ou menos regular ou até no próprio chão, tanto dentro de casa como no chão do próprio caminho ou terreiro.

 

Para o "Jogo do Rapa" é imprescindível o uso de um pequeno objecto fabricado em madeira, exactamente um pequeno pião, com o corpo principal dotado com quatro faces, mais ou menos quadradas, com um bico em cone e uma ponta superior, cilíndrica, para ser rodopiada com um movimento de rotação dos dedos polegar e indicador. 

O pião podia estar mais ou menos decorado com faixas de tinta de várias cores o que dava um bonito efeito quando rodopiava.

Cada uma das faces está pintada com uma letra, maiúscula, portanto com um total de quatro letras e que são: 

R, P, T, D. 

O R significa "Rapa", isto é, o jogador que rodou o pião pode recolher todas as prendas que estão no centro do local do jogo. Esta é a jogada mais desejada; 

O P significa "Põe" pelo que o jogador deve colocar na mesa uma prenda adicional; 

O D, quer dizer "Deixa", pelo que se deve deixar tudo na mesma, sem recolher nem pôr; 

Finalmente, o T, significa "Tira", pelo que deve ser retirada uma prenda pelo jogador que rodopiou o pião. 

Por conseguinte, a jogada mais desejada é o R, pois permite rapar todo o espólio das prendas em jogo. 

Depois de todos os jogadores terem jogado a sua vez, o jogo é retomado com os jogadores novamente a colocarem cada um uma prenda e assim sucessivamente em cada ciclo. 

 

Escusado será dizer que se a opção D, "Deixa", calhar com alguma frequência, o espólio das prendas tende a aumentar pelo que a próxima saída do R, "Rapa", será deveras ambicionada e rentável.

 

No início de cada jogada, os jogadores devem sortear ou "cantar" a ordem de jogar. 

O primeiro será o "primas", o segundo o "xigas" e o terceiro o "restas". 

Se houver mais de três jogadores, será atribuída a ordem numérica, ou seja, quarto, quinto, sexto, etc.

Cada jogador deve colocar no centro do plano do jogo uma prenda. Seguidamente o pião é rodopiado no centro da mesa, por cada jogador, de acordo com a ordem estabelecida, devendo rodar até cair aleatoriamente. 

A letra correspondente à face voltada para cima significa a acção que cada jogador deve tomar, conforme acima descrito.

 

Tradicionalmente, em muitas regiões, o "Jogo do Rapa" está associado à época natalícia, sendo jogado a pinhões, rebuçados ou duas-peças. Os estudiosos dizem que há uma relação com um jogo de tradição judaica, muito semelhante.

 

Créditos:

Fonte: https://cerco8c.blogs.sapo.pt/

Foto: https://trasmontesdepaisagens.blogs.sapo.pt/211234.html

1 comentário

Comentar post