Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem Vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

20.05.21

Meu Castelo Amado (Leiria) de Basílio Artur Pereira

O último Alcaide do Castelo de Leiria

Miluem

basilio-258x300.jpg

 

O Castelo de Leiria reabre ao público no próximo dia 22 de maio, o dia da cidade, depois de ter  estado encerrado nos 2 últimos anos para obras de requalificação e construção de 3 elevadores de acesso.

 

Esta é a minha pequena homenagem ao Sr. Basílio, o último Alcaide do Castelo.

 

Meu Castelo Amado

 

Meu castelo amado
Me viste nascer
Quanto amor te tenho
Me verás morrer

São pedras velhinhas
E de quantos anos
Meu castelo amado
De encantos tamanhos

Foram meus avós
Que anos te guardaram
Depois meus pais
Assim continuaram

E até quando
Eu te guardarei
Meu castelo amado
Não te esquecerei

 

In


As minhas lembranças
História do último Alcaide do Castelo de Leiria
por

Basílio Artur Pereira

 

Foto: Google

 

21.03.21

Exposição Virtual - 100 anos das Aparições de Fátima

Arquivo Nacional Torre do Tombo

Miluem
18.02.21

Mosteiro de Alcobaça @ Visitas Virtuais

Exposição online e visita

Miluem

 

800px-Mosteiro_de_Alcobaca_94b.jpg

Por Waugsberg - Fotografia própria, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=3932055

 

 

Para ver a exposição ou explorar o Mosteiro de Alcobaça,

p.f. clique nas imagens

 

Mosteiro_de_Alcobaça.jpg

 

Capela e Relicário Mosteiro Alcobaça.jpgClaustro Mosteiro Alcobaça.jpgSacristia Nova Mosteiro Alcobaça.jpgCapela do Desterro Mosteiro Alcobaça.jpg

Tumulo D Pedro D Ines Mosteiro Alcobaça.jpg

Sala Reis Mosteiro Alcobaça.jpg

Entrada Principal Mosteiro Alcobaça.jpg

Refeitorio Mosteiro Alcobaça.jpg

 

Fonte: Google Arts & Culture

https://artsandculture.google.com/partner/alcoba%C3%A7a-monastery

 

 

16.02.21

Salacia, Alcácer do Sal

Miluem

IMG_20210124_214734.jpg

IMG_20210124_215345.jpg

download

 

ThumbnailDownloader.jpeg

"Moeda de bronze com valor de Asse, cunhada em Salácia

 (Alcácer do Sal).

Anverso: Cabeça de Neptuno barbado, laureada, à direita.

Reverso: Dois golfinhos em movimentos opostos, e no centro a legenda latina: IMP.SAL. Salácia é citada por Plínio como Salacia Urbs Imperatoria. (Plínio: H.N. 4,116)."

Museu Nacional de Arqueologia

IMG_20210124_215212.jpg

ver em tamanho real

 

 

26.04.20

Caldas da Rainha @ Lendas de Portugal - História do Hospital Termal

Miluem

hospital_termal_1_1.jpg

 

 
A história de um Hospital Termal que dizem ser o primeiro do mundo…
 
 
 
Daí até a construção daquele que é considerado por muitos o primeiro Hospital Termal do mundo foi um pequeno passo, tendo D. Leonor custeado a construção do mesmo, iniciando os trabalhos em 1484.
 
 
A benemérita Rainha foi também responsável por redigir o respetivo regulamento que ficou conhecido por Compromisso da Rainha, publicado em 1512, onde se definia que a instituição serviria para apoiar gratuitamente os pobres e desfavorecidos do reino.
 
 
Nesse mesmo ano, o já referido D. Manuel I, irmão de Leonor, atribuiria o foral de vila a Caldas da Rainha que consagraria o rápido crescimento do local, a afirmação da sua importância e sobretudo a independência face ao concelho de Óbidos, ao qual pertencera até então com a denominação de Caldas de Óbidos.
 
 
Está visto que a nossa existência se deve à obra e generosidade de D. Leonor e por esse motivo para além do nome da cidade remeter para a génese desta ligação, muitas outras formas de homenagem e de agradecimento à rainha foram sendo promovidas ao longo dos séculos e alguns podem ser vistos e visitados.
 
 
Sendo o Hospital Termal o motivo da fundação da cidade e o principal legado de D. Leonor, como não podia deixar de ser a instituição usa o nome da rainha como designação oficial o mesmo se podendo destacar em relação ao largo onde o Hospital se encontra edificado e que também apresenta uma toponímia com o objetivo de homenagear a nossa fundadora.
 
 
Para além destes dois locais há ainda a “Rainha”, ponto central de todas as homenagens a D. Leonor e onde se encontra uma estátua da autoria de Francisco Franco inaugurada em 1935, representando a fundadora da cidade e que desde que ali foi colocada retirou a atenção à toponímia oficial do local que pretende homenagear o Conde de Fontalva, importante personalidade do início do século XX local e que passou para segundo plano desde que a “Rainha” foi “habitar” o seu largo.
 
 
 
 

 

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Junho 2021

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.