Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem-vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

14.02.21

Em Domingo Gordo, Cozido à Portuguesa

Tradição e história

Miluem

Em Domingo Gordo, Cozido à Portuguesa

 

Esta é a tradição em Boidobra no Fundão, mas ela não é muito diferente no resto do país.

 

“Depois da matança do porco, que geralmente ocorria por alturas do Natal, uma vez feito o enchido que se punha a secar no fumeiro, as carnes mais gordas juntamente com os ossos e os presuntos, eram guardados na salgadeira (arca com sal normalmente em madeira). Para este dia, enquanto os presuntos continuavam “a tomar do sal” na salgadeira, para o almoço de domingo gordo eram retiradas determinadas carnes, como as orelhas, focinho, chispes e a cauda do animal."

 

 ***

 

O nacional e típico Cozido à Portuguesa foi redigido a sua receita neste século !

A primeira receita escrita do cozido em Portugal é publicada na Arte de Cozinha de Domingos Rodrigues, 1680, e que tem a designação castelhana de “Olla Podrida”.

Arte-de-Cozinha-de-Domingos-Rodrigues5.jpg

Arte-de-Cozinha-de-Domingos-Rodrigues4.jpg

O original Arte de Cozinha de Domingos Rodrigues, Séc XVII

 

A receita é, de facto, uma das preferidas das famílias portuguesas, sendo muitas vezes confecionada em datas especiais.

 

É preparada em todo o território nacional (continente e ilhas), embora cada região apresente ligeiras variações à receita.

 

Só o cheiro inebriante e irresistível do cozido à portuguesa nos tira verdadeiramente do sério.

 

 

http://www.rcb-radiocovadabeira.pt/pag/51391

https://www.clubevinhosportugueses.pt/vinhos/o-nacional-e-tipico-cozido-a-portuguesa/

 

 

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.