Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem-vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

06.12.21

Mesa de Natal • Doces • Rabanadas, Fatias Douradas ou Fatias Paridas (lenda e receita)

Miluem

rabanadas_fatias_douradas.jpg

A lenda e Receita das famosas Fatias Paridas!

 

Como todas as tradições, também as Fatias de Parida têm uma lenda na sua origem. Conta-se que um mulher pobre que nada tinha para alimentar a si e ao seu filho recém-nascido para além de uns restos de pão demolhado em leite, terá tido tanto leite para amamentá-lo que ainda lhe sobrava para as outras crianças da aldeia.

 

Ingredientes

1 Cacete de pão duro

500ml Leite

500ml Água

Casca de 1 limão (previamente lavado)

150g Açúcar amarelo

3 Ovos L

2 Paus de canela

Canela em pó para polvilhar q.b.

Açúcar para polvilhar q.b.

Óleo de girassol para fritar q.b.

 

Instruções

Leve ao lume o leite com a água, a casca de limão e os paus de canela, o açúcar e deixe levantar fervura. Retire do lume quando levantar fervura, retire as cascas de limão e os paus de canela.

Corte o cacete em fatias não muito grossas. Reserve.

Parta os ovos para um prato largo, bata os ovos e reserve.

Passe o pão pelo leite quente, deixe embeber e de seguida pelos ovos e frite-as no óleo bem quente, deixe-as dourar, de seguida escorra-as e coloque-as sobre papel absorvente.

Depois de bem secas, passe-as por açúcar e canela.

 

Créditos:

Fonte e Foto: https://receitas-daquidali.blogspot.com/2020/11/a-lenda-e-receita-das-famosas-fatias.html

 

IMG_0090-1.jpg

Rabanadas Minhotas

Tempo de preparação: 01h00m / Pessoas: 6 / Receita Testada Origem: Entre Douro e Minho / Época: De Natal

Ingredientes:

1 de pão de cacete

300 gr de açúcar

15 gr de manteiga

1 de canela em pau

1 de limão - casca

2 de ovos

2 de gema(s) de ovo

q.b. de açúcar amarelo

de canela em pó

q.b. de óleo

250 gr de mel

7.50 dl de vinho tinto verde

 

Preparação:

1. Comece por cortar o cacete em fatias de 1cm de espessura, que deverá dar 10 fatias.

2. Leve ao lume o açúcar com a água a manteiga, o pau de canela e a casca de limão.

3. Deixe ferver 5 minutos.

4. Retire do lume e passe uma a uma as fatias por esta calda e ponha a escorrer numa peneira.

5. Bata as gemas de ovo com os ovos inteiros, e volte a passar as fatias de ambos os lados, e aloure-as em óleo quente.

6. À medida que se forem fritando, vão-se polvilhando com açúcar e canela, colocando-as num prato fundo.

7. À parte, dentro de um tacho misture o vinho verde, com o mel, e a canela em pó. Prove e se o vinho for muito agreste deite-lhe um pouco de açúcar.

8. Leve este preparado ao lume e deixe levantar fervura, deite de imediato sobre as rabanadas.

9. Vá virando as rabanadas para ensoparem por igual.

 

Nota:

Estas rabanadas devem ser feitas de véspera, para ficarem bem embebidas e apaladadas.

 

Créditos:

Fonte: https://viverguimaraes.blogspot.com/2007/11/rabanadas-minhotas.html

Foto: https://ncultura.pt/rabanadas-tradicionais-da-avo-3-doces-tentacoes/

 

 

Rabanadas no forno com calda de vinho do Porto

 

Créditos:

Receitas do Paraíso, YouTube

 

04.12.21

Mesa de Natal • Doces • Aletria de Leite, de Água e de cortar à faca/fatia

Miluem

vilarandelo 25 abr 2010 017a.jpg

Aletria d' Avó

“Deixo-vos a receita de aletria que sempre faço! Aprendi com a minha avó e preservei sempre a receita. É muito cremosa, experimentem!”

 

Ingredientes:

1 litro de  leite

125 gr de açucar

125gr de massa de aletria

4 gemas

1 raspa de limão

1 pão de canela

Canela em pó para decorar

 

Modo de Preparação:

-Coloque o leite em lume brando

-Adicione o açucar, a raspa de limão e o pau de canela

-Desenlace a massa de aletria

-Quando o leite estiver a ferver junte a massa e deixe frver cerca de 7 minutos

-Apague o lume

-Desfaça as gemas com um pouco de leite e junte à mistura em fio

-Mexa e deixe engrossar sem levar mais ao lume

-Verta para a taça de servir e decore com canela

 

Créditos:

Fonte e Foto: https://osmeusdoces.blogs.sapo.pt/aletria-d-avo-8493

 

 

574468_411838025511102_100000547239138_1426971_2056435183_n.jpg

Aletria Cremosa

 

Ingredientes:

- 6 dl de água,

- 1 pitada de sal,

- 2 cascas de limão,

- 1 pau de canela,

- 300g de aletria,

- 1 litro de leite,

- 500g de açúcar,

- 7 gemas,

- 2 colheres de sopa de manteiga,

- canela em pó q.b.

 

Preparação:

-Coloque um tacho ao lume com a água, sal, o pau de canela e as cascas de limão.

-Deixa-se ferver, junta-se a aletria e vai-se separando com a ajuda de um garfo.

-Fica a cozer em lume brando mas sem estar demasiado cozida.

-Entretanto coloca-se o leite ao lume com o açúcar e junta-se a massa já cozida e o pau de canela e as cascas que já se usaram antes para cozer a massa.

-Retira-se do lume, tiram-se as cascas do limão e o pau de canela e junta-se as gemas desfeitas num pouco de leite.

- Leve tudo ao lume, mexendo sempre até ferver.

-Retira-se do calor, junta-se a manteiga e mexe-se até a mesma derreter.

Por fim, deita-se a aletria numa taça de servir e cobre-se com a canela em pó.

 

Créditos:

Fonte e Foto: http://cala-te-e-come.blogspot.com/2008/09/aletria.html

 

 

aletria de água (2).JPG

Aletria de água

 

Ingredientes:

250grs de aletria

600 ml de água

150grs de açúcar

2 gemas

raspa de 1 limão

2 paus de canela

canela em pó q.b.

 

Preparo:

-Coloca-se ao lume a água, açúcar, raspa de limão, paus de canela e deixa-se ferver, assim que estiver a ferver, coloca-se a aletria e tira-se os paus de canela e a raspa de limão.

-Deixa-se cozer e depois de cozida, mexe-se as gemas bem mexidas para dar uma corzinha e coloca-se em travessas e povilha-se com canela.

Simples e saborosa...

 

 

Créditos:

Fonte e Foto: http://pratosdabela.blogspot.com/2012/01/aletria-de-agua.html

 

 

Créditos: Teresa Activa em YouTube

 

 

 

imagem_2021-11-12_134134.png

Aletria de cortar à fatia

 

Ingredientes:

225 g de açúcar

125 g de aletria

125 g de manteiga com sal

900 ml de leite

2 gemas

2 cascas de limão

1 pau de canela em pó q.b.

 

Instruções para a preparação:

-Coloque 700 ml do leite num tacho, junte as cascas de limão, o pau de canela e a manteiga e deixe levantar fervura.

-Acrescente a aletria e deixe ferver novamente, durante mais 3 minutos. Junte o açúcar, mexa e deixe cozinhar durante 5 minutos.

-Com uma vara de arames, misture as gemas, numa tigela, com o restante leite e depois deite-as, em fio e mexendo sempre, sobre a aletria.

-Deixe cozinhar por mais 3 minutos (sem deixar ferver).

-Retire, coloque numa travessa, deixe arrefecer e sirva polvilhada com canela.

 

Créditos:

Fonte e Foto: https://www.teleculinaria.pt/receitas/doces-e-sobremesas/aletria-de-cortar-a-fatia/

03.12.21

Mesa de Natal • Doces • “Arroz doce” de aveia saudável

Miluem

e6d2700c3c6a0f3ddf63942211f7e204-754x394.jpg

“Arroz doce” de aveia saudável

Sónia Marcelo - Nutricionista

 

Ingredientes: (Receita para 8 pessoas)

-1 Litro de leite meio gordo ou bebida vegetal sem adição de açúcar

-8 Colheres de sopa bem cheias de flocos de aveia finos integrais

-2 Colheres de sopa de açúcar de coco

-1 Colher de sobremesa de essência de baunilha

-1 Colher de sopa de mel

-1 Pau de canela

-1 Casca de limão

-1 Pitada de sal grosso

-Canela para polvilhar

 

Preparação:

-Colocar numa panela todos os ingredientes e levar a lume brando;

-Mexer continuamente até levantar fervura e depois baixar o lume e deixar cozinhar por mais 15 a 20 minutos sem parar de mexer;

-Quando engrossar está pronto;

-Retirar o pau de canela e a casca de limão e distribuir por taças;

-Polvilhar com canela em pó.

 

Créditos:

Fonte: https://controlaradiabetes.pt/vida-saudavel/arroz-doce-de-aveia-saudavel

Foto: https://www.nit.pt/fit/alimentacao-saudavel/este-arroz-doce-de-aveia-vai-ser-o-seu-novo-vicio-saudavel

 

03.12.21

Mesa de Natal • Doces • Broas de Alfarim (Sesimbra)

Miluem

broas de alfarim2.jpg

As tradicionais Broas de Alfarim

 

O doce mais famoso e tradicional da nossa Aldeia, “As Broas de Alfarim”.

A receita tem passado de geração em geração, entre segredos bem guardados e uma boa dose de muito carinho e esmero na sua confecção, as Broas tornaram-se num ex-libris da gastronomia da região.

Apesar de serem associadas ao Natal, hoje são feitas e consumidas em qualquer altura.

Os fornos a lenha familiares, quase esquecidos durante o ano, ganham vida na época natalícia. São acesos com cascas e ramas finas de pinheiro. Depois da lenha ardida e do forno bem quentinho, mas não em excesso, puxa-se a cinza e algumas brasas para a boca do forno, e com a pá colocamos lá dentro as folhas de alumínio polvilhadas com farinha e as broas.

 

broas de alfarim.JPG

Ingredientes

1Kg de Farinha de milho;

1Kg de Farinha de trigo;

100g de Manteiga derretida;

25g de Erva doce;

750g de Açucar branco;

500g Açucar amarelo;

200g de mel;

4 ovos;

150g de raspas de chocolate;

50g de Canela;

Água q.b.;

Raspa de noz-moscada;

Raspa de Limão e Laranja;

Sumo de duas laranjas e de um limão;

Aguardente;

Anis;

Pitada de sal.

 

Se tiver, utilize um alguidar de barro para fazer as broas.

Escalde a farinha de milho com água a ferver.

Junte os outros ingredientes e vá amassando até ter uma massa homogénea e consistente.

Depois de bem amassado, de preferência à mão, deixe a massa repousar por 45 a 50 m, junto do forno, para apanhar o quentinho.

Ao fim deste tempo, retire pequenos pedaços da massa e com a ajuda de farinha faça a broas e disponha-as sobre as folhas de alumínio ou tabuleiros, já polvilhados com farinha.

No tempo da minha avó, porque agora existem pincéis, usávamos um bocadinho de um trapo, enrolado em forma de xuxa, para cobrir as broas com a gema de ovo.

Leve a cozer entre 10 a 15 minutos, não as deixe muito tempo para não ficarem duras.

 

Antigamente depois de feita, as broas eram guardadas em sacos de pano, para se manterem secas e para se conservarem por mais tempo.

 

Créditos:

Fonte  e fotos:

http://alfarimgossip.blogspot.com/2017/10/as-tradicionais-broas-de-alfarim.html?m=1

01.12.21

Mesa de Natal • Doces • Formigos Cesarenses (Beira Litoral)

Cesar - Vila e Freguesia de Oliveira de Azeméis

Miluem

formigos.jpg

Formigos Cesarenses

 

 

Ingredientes :

Para 6 a 8 pessoas

500 g de pão de 1ª

1,25 litros de leite

300 g de açúcar 

250 g de manteiga

1,5 dl de mel

6 a 7 ovos

2,5 dl de vinho branco

1 colher de sopa de canela

1 pau de canela

 

Confecção :

O pão deverá ser duro de dois dias; retira-se o miolo, que se põe de molho em água fria.

Em seguida escorre-se muito bem e deita-se num tacho.

Rega-se com o leite, junta-se o açúcar, a manteiga, o mel (menos 1 colher de sopa), o pau de canela em pedacinhos e a canela em pó.

Leva-se a lume brando (de lareira) e mexe-se sem parar até obter uma papa.

Nesta altura o doce está cozido e retira-se do calor.

Numa tigela têm-se muito bem batidas as gemas, o vinho e uma colher de mel.

Adiciona-se esta mistura em fio, a pouco e pouco, ao preparado anterior, deixando-a cair de modo a que os ovos se fiquem a notar.

Leva-se novamente ao lume, e assim que começar a ferver retira-se e deita-se o doce em tigelas ou travessa de loiça.

 

Formigos Cesarenses do livro - Cozinha Tradicional Portuguesa, da Editorial Verbo.

 

Créditos:

Fonte: http://www.gastronomias.com/natal2/doce0960.htm

Foto: http://freguesiadecesar.blogspot.com/2011/12/formigos-cesarenses.html?m=1

01.12.21

Mesa de Natal • Doces • Formigos ou Mexidos do Natal Vegan

Miluem

banner-formigos.jpg

 

Ingredientes

150gr de pão

1 litro de água

1 pau de canela

1 colher de sopa de açúcar mascavado

1 colher de sopa de melaço

1 casca de limão

50 gr de corintos

50gr de pinhões

50gr de miolo de noz

 

Preparação

-Num tacho coloca-se a água, a canela, o açúcar, o melaço, a casca de limão e leva-se ao lume até ferver. De seguida coloca-se o pão (nesta receita foi utilizado molete e não precisou de ficar de molho, se utilizar pão regional será aconselhável demolhar 20 minutos).

-Deixar ferver cerca de 10 minutos, mexendo sempre. De seguida acrescenta-se os restantes ingredientes e mexer até ficarem com uma cor acastanhada.

-Colocar os formigos (ou mexidos de natal) vegan num prato, polvilhar com canela e deixar repousar de um dia para o outro.

 

Créditos:

Fonte e Foto: https://sociedadevegan.com/formigos-receitas-vegan-natal/

01.12.21

Mesa de Natal • Doces • Mexidos do Natal ou Formigos

(2 receitas)

Miluem

1.JPG

Mexidos do Natal

 

Ingredientes:

1,5 l de água

1 colher de sopa de manteiga

1 cálice de vinho do Porto

1 casca de limão

1 pau de canela

2,5 dl de mel

1 chávena de chá de açúcar mascavado claro

1 pitada de sal

50 g de pinhões

50 g de nozes

50 g de passas

250 g de pão esfarelado (uso pão de véspera)

 

Preparação:

- Esfarelar o pão e reservar (usei o robot de cozinha).

- Levar a água ao lume com todos os ingredientes, com excepção dos frutos secos e do pão.

- Deixar ferver durante 15 minutos. Juntar então os frutos e deixar ferver mais 15 minutos.

- Juntar o pão ao preparado anterior, cuidadosamente, para evitar que ganhe grumos.

- Deixar ferver um pouco mais para apurar, mexendo sempre.

- Deitar em taças, pratos ou travessa, deixar arrefecer e polvilhar com canela em pó.

 

Créditos:

Fonte e Foto: https://www.alquimiadostachos.com/2010/12/mexidos-do-natal.html

 

 

3141597079_45e6dbe3c7.jpg

Formigos

 

Ingredientes:

250 g de açúcar

1 dl de água

miolo de quatro fatias de pão de forma (ás vezes uso pão de leite)

75 g de amêndoa picada

25 g de pinhões

50 g de corintos (passas de uva pequeninas sem sementes)

4 gemas

3 colheres de sopa de Vinho do Porto

Canela para polvilhar

 

Preparação:

-Levar o açúcar com a água ao lume e deixar fervilhar lentamente até ficar em ponto pérola.

(quando ao retirar a colher de pau do tacho a calda ao cair forma uma pequena pérola).

-Demolhar o miolo do pão num pouco de leite morno durante cerca de dois minutos,  juntá-lo à calda de açúcar e mexer. Adicionar os frutos secos e os corintos voltar a mexer, e deixar em lume muito brando mexendo sempre por uns dois minutos.

-Retirar o lume e juntar as gemas que foram previamente desfeitas no Vinho do Porto, levar de novo ao lume para engrossar em lume brando.

-Pôr num prato de servir e polvilhar com canela.

 

Créditos:

Fonte e Foto: https://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/37802.html