Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem Vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

22.12.20

# À moda de Cá # Espécies de São Jorge (Açores)

Miluem

Espécies-de-São-Jorge-Açores.jpg

 

Espécies de São Jorge (Açores)

 

Ingredientes:

 

Para a base de Massa Tenra 

1 colher (sopa) de azeite

1 colher (sopa) de banha ou manteiga

1 pitada de sal

150 ml de água

250 g de farinha de trigo

 

Para o recheio

½ colher (café) de pimenta-da-jamaica

200 ml de água

25 g de canela

25 g de manteiga

250 g de pão torrado ralado

30 g de erva-doce moída

500 g de açúcar

raspa de 1 limão (grande)

 

Confeção:

 

Recheio

De véspera, prepare o recheio. 

Leve o açúcar ao lume com a água e deixe ferver até fazer ponto de fio (a calda adere levemente à colher e, ao retirar um pouco, forma-se um fio com o qual se conseguem fazer formas sobre uma superfície lisa).

Junte o pão ralado, seguido dos restantes ingredientes.

Mexa bem e deixe cozer até o preparado ficar consistente.

Deixe o recheio em repouso de um dia para o outro.

 

No dia da confeção, prepare a massa tenra 

Peneire a farinha e junte-lhe a banha derretida, o azeite e a água morna, onde dissolveu o sal.

Trabalhe os ingredientes rapidamente e bata a massa muito bem sobre uma superfície lisa e fria.

Coloque-a massa sobre um prato polvilhado com farinha e cubra com uma tigela aquecida com água a ferver, já enxuta.

Deixe a massa descansar durante 1 hora.

 

Com uma carretilha, corte a massa em tiras com cerca de 4 a 5 cm de largura (o comprimento pode variar).

Marque o meio da massa no sentido do comprimento e dê uns pequenos golpes horizontais numa das metades.

Coloque um rolinho do recheio na metade da massa que deixou inteira. 

Cubra-o com a parte da massa cortada e feche o rolo, molhando as pontas da massa.

A partir dos rolos de massa, forme as espécies em forma de ferradura (apresentação tradicional) ou noutros formatos diferentes (argola, letras, meias-luas ou outras).

Leve a cozer em forno médio.

 

  • https://www.docesregionais.com/tag/acores/
  • Foto: visitazores.com

 

22.12.20

Leite Creme vegan

Miluem

IMG_20201220_101624.png

Leite Creme vegan

 

Ingredientes:

1 colher de sopa de açúcar de coco;

1 pau de canela;

40 gramas de amido de milho;

6 dl de leite vegetal;

casca de limão.

 

 

Como fazer:

-Ferva o leite com a casca de limão e o pau de canela.

-Desligue o lume e deixe o leite arrefecer até ficar morno. 

-Numa tigela, misture o açúcar de coco com o amido e o leite morno.

-Leve ao lume, mexendo até ferver.

-Divida o leite creme em taças e deixe arrefecer.

-Antes de servir, coloque um pouco de açúcar no topo e queime com um maçarico.

 

https://www.healthyfoodandme.com/leite-creme-vegan/

21.12.20

Sonhos de cenoura sem glúten

Miluem

bloguedaraparigaaolado.jpg

 

Sonhos de cenoura sem glúten

 

O que vamos precisar:

100 gr de cenouras

125 ml de leite

125 ml de agua

50 gr de manteiga

1 casquinha de limão

1 pitada de sal

50 gr de açúcar opcional - como leva depois açucar e canela podem não adicionar açucar à massa.

25 gr de polvilho doce

125 gr de farinha de arroz

4 ovos

 

Mãos na massa:

Cozer as cenouras cortadas em pedaços. Coar a agua e reduzi-las a puré. Reservar.

Levar ao lume a agua, o açúcar, o leite, a manteiga, o sal e a casquinha de limão.

Assim que levantar fervura retirar o tacho do lume e adicionar as farinhas de uma só vez e mexer fortemente até se formar uma bola de massa separando-se do tacho. Retirem a casca de limão.

Se, na massa, ainda aparecerem pontos de farinha por absorver amassa-se com as mãos numa bancada até ficar homogénea.

Deixar arrefecer a massa. 

Assim que estiver fria, colocar a massa num recipiente ou num processador e incorporar um ovo, bater energicamente e acrescentar o puré de cenoura e depois os restantes ovos.

Fritar pequenas colheradas em óleo ou azeite quente. Enquanto fritam piquem-nos com um palito para se irem virando sozinhos e crescendo mais.

Escorrer em papel absorvente e polvilhar, ainda quentes, com açúcar e canela.

 

http://araparigadoblogaolado.blogspot.com/2018/12/sonhos-de-cenoura-natal-sem-gluten.html?m=1

 

21.12.20

Bolinhos de Jerimu (receita para diabéticos)

APDP – Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal

Miluem

IMG_20201219_224834.jpg

Bolinhos de Jerimu

 

Ingredientes

para 14 bolinhos

 

– 1kg de abóbora menina (já descascada);

– 1 colher de café de sal;

– 60g de farinha;

– 3 ovos pequenos;

– 2,5 colheres de sopa de açúcar light;

– 1 limão;

– 2 colheres de sopa de vinho do Porto;

– óleo de amendoim para fritar;

– 4 colheres de sopa de açúcar light;

– 1 colher de chá de canela em pó

 

Confeção

1. Coza a abóbora a vapor polvilhada com o sal, ou no mínimo de água possível e tapada.

2. Reduza a abóbora a puré, introduza-o num pano (tipo saco) e pendure-o para escorrer o máximo de água.

3. Deite o puré de abóbora numa tigela e junte a farinha, as gemas, as duas colheres de açúcar light, a raspa da casca de limão e o vinho do Porto e misture tudo de forma homogénea.

4. Bata as claras em castelo e junte-as ao preparado anterior, em pequenas porções e suavemente.

5. Aqueça o óleo a 175ºC e, com duas colheres de sopa, molde o preparado em oval (tipo pastéis de bacalhau) deixando-os cair directamente no óleo. Deixe fritar sem queimar e escorra bem sobre papel absorvente, mudando o papel frequentemente.

6. Polvilhe os bolinhos com o restante açúcar a que previamente juntou a canela.

 

Estes bolinhos são característicos da época natalícia e, por serem fritos, aconselha-se o seu consumo moderado.

 

O açúcar light utilizado nesta receita é composto de uma mistura de açúcar e sucralose (adoçante), o que permitiu reduzir um terço do açúcar total da receita, sem afectar o seu resultado final.

 

https://apdp.pt/receitas/bolinhos-de-jerimu/

Foto: Pintrest

 

20.12.20

# À moda de Cá # A Sopa Dourada ✓ do Ribatejo

Miluem

Sopa-Dourada-Ribatejo.jpg

Sopa dourada do Ribatejo

 

Ingredientes:

2 papos-secos duros

250 ml de água

20 gemas

25 g de margarina

500 g de açúcar

raspa de ¼ de limão

canela p/ polvilhar

 

Confeção:

-Leve o açúcar ao lume com a água e deixar ferver até atingir o ponto de pasta (a calda escorre da colher, deixando uma leve camada pegada).

-Retire do lume, junte a margarina, a raspa de limão e o pão cortado aos cubos.

-Mexa com uma colher de pau para amolecer o pão e junte as gemas, previamente batidas.

-Leve o preparado ao lume, mexendo sempre e até levantar fervura, para cozer as gemas.

-Coloque a sopa dourada num prato grande e polvilhe com canela.

 

Nota:

Papos-secos é a designação regional das carcaças.

 

https://www.docesregionais.com/sopa-dourada-ribatejo/

 

20.12.20

# À moda de Cá # A Sopa Dourada ✓ de Vila do Conde

Miluem

conde.jpg

 

Sopa dourada de Vila do Conde

 

Ingredientes

 

750 g de açúcar

250 ml de água

250 g de doce de chila

150 g de pão de ló cortado em fatias finas

125 g de amêndoas peladas e raladas

40 g de cidrão picado

12 gemas

2 colheres de sopa de água de flores de laranjeira

1 colher de chá de canela

 

Modo de Preparação

– Com o açúcar e a água, faça uma calda em ponto de pérola.

– Quando atingir o ponto, retire a calda do lume e junte a água de flor de laranjeira.

– Passe as fatias de pão de ló pela calda e deixe escorrer numa grelha.

– Leve o açúcar novamente ao lume e deixe ferver até obter ponto de estrada.

– Junte o cidrão e o doce de chila e deixe ferver um pouco.

– Acrescente a amêndoa, deixe ferver mais um pouco e retire para amornar.

– Adicione um pouco do preparado às gemas, ligeiramente batidas, mexa e junte o restante.

– Leve ao lume, mexendo sempre.

– Coloque as fatias de pão de ló numa travessa, cubra-as com o doce e polvilhe com canela.

 

https://ncultura.pt/docaria-conventual-sopa-dourada/

 

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Abril 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.