Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem Vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

12.02.21

Tratado de Paz de 1668 entre Portugal e Espanha

Restauração da Independência portuguesa a 1 de Dezembro de 1640 - Arquivo Nacional Torre do Tombo

Miluem

PT-TT-MSLIV-2542-00007_m0001.jpg

PT-TT-MSLIV-2542-00007_m0003.jpg

PT-TT-MSLIV-2542-00007_m0002.jpg

Na sequência da Restauração da Independência portuguesa a 1 de dezembro de 1640, após a dinastia filipina (1580-1640), é assinado em 1668 um Tratado de Paz entre Carlos II de Espanha, que assina em Madrid a 5 de janeiro, e D. Afonso VI, que ratifica a 13 de Fevereiro em Lisboa.

 

O acordo teve a mediação de Carlos II de Inglaterra, que ficava como garante da paz.

 

Nos seus 13 artigos, o tratado estabelecia uma paz perpétua, a cessação imediata das hostilidades nos reinos e senhorios de Espanha e Portugal. 

 

Devia haver “boa correspondência e amizade”, esquecendo os danos e ofensas passadas e podendo voltar a circular livremente as pessoas e as mercadorias. 

 

De ambas as partes devia-se restituir as presas feitas e a artilharia, deixando as praças e terras indevidamente ocupadas, com excepção de Ceuta, que ficaria em poder de Espanha. 

 

Os prisioneiros de guerra seriam trocado, sem qualquer excepção.

 

A Espanha reconheceu definitivamente a independência de Portugal e seus domínios coloniais.

 

http://antt.dglab.gov.pt/exposicoes-virtuais-2/tratado-de-paz-de-1668-entre-portugal-e-espanha/