Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem-vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

31.12.20

Ano Novo | Recomeçar de Miguel Torga

Miluem

ng55953781.jpg

Recomeçar

 

Recomeça…

Se puderes,

Sem angústia e sem pressa.

E os passos que deres,

Nesse caminho duro

Do futuro,

Dá-os em liberdade.

Enquanto não alcances

Não descanses.

De nenhum fruto queiras só metade.

 

E, nunca saciado,

Vai colhendo

Ilusões sucessivas no pomar

E vendo

Acordado,

O logro da aventura.

És homem, não te esqueças!

Só é tua a loucura

Onde, com lucidez, te reconheças.

 

Miguel Torga

in Diário XIII,

Coimbra 27 de Dezembro de 1977

 

 

http://alegriabreve47.blogspot.com/2015/01/recomecar.html?m=1

Foto: https://www.comunidadeculturaearte.com

 

31.12.20

Tarte de maçã

sem glúten

Miluem

tarte-de-maca.jpg

Tarte de maçã

 

2 c. sopa azeite

30 g amido de milho

4 c. sopa açúcar

1 c. sopa canela em pó

2 kg maçã reineta

50 g amêndoa laminada

 

 

Prequeça o forno a 160ºC.

Unte uma forma redonda com 22cm de diâmetro com o azeite e forre o fundo com um disco de papel vegetal.

Misture o amido de milho com o açúcar e a canela.

Descasque as maçãs, tire-lhes os caroços e corte-as em fatias finas. Disponha as fatias de maçã na forma em camadas, polvilhando cada uma com a mistura de açúcar. 

Leve ao forno cerca de 50 minutos ou até as maçãs estarem tenras.

Quando os 50 minutos estiverem a terminar, espalhe as amêndoas sobre um tabuleiro e leve-as ao forno para alourarem.

Retire a tarte do forno, deixe arrefecer e desenforme, retirando o papel vegetal. 

Salpique com as amêndoas tostadas.

 

https://www.pingodoce.pt/receitas/tarte-de-maca/

 

30.12.20

Tronco de Pistachio e Framboesas

Miluem

deliciaatelierdesaborre.jpg

Tronco de Pistachio e Framboesas

 

Ingredientes:

75 gr pistachios

4 ovos

130 gr açúcar

80 gr farinha

2 colheres de sopa de água quente

1/2 colher de chá de sal

1/2 colher de chá de extracto baunilha

250 gr de framboesas

açúcar em pó q.b.

 

Creme: 

500 gr queijo mascarpone

100 gr manteiga à temperatura ambiente

200 gr de açúcar em pó

1/2 colher de chá de extracto baunilha

   

Preparação:

Comece por picar os pistachios e reservar.

Numa taça bata com a ajuda de uma batedeira eléctrica, por cerca de 5 minutos as gemas com o açúcar. Acrescente a água quente e misture bem.

Bata as claras em castelo e adicione ao preparado das gemas. Vá alternando com a farinha e envolva bem.

Por fim adicione delicadamente os pistachios, o extracto de baunilha e o sal. Misture muito bem.

Unte um tabuleiro (35x30 cm) com manteiga e forre com papel vegetal untando novamente o papel com manteiga. Coloque a massa no tabuleiro e leve a cozer em forno pré aquecido a 180ºC cerca de 15 minutos.

Retire e deixe arrefecer por 5 minutos. Depois polvilhe uma superfície com açúcar em pó e disponha o bolo sobre ela. Retire o papel e polvilhe também com açúcar em pó.

Reserve até estar totalmente frio. Entretanto prepare o creme. Bata o queijo com a manteiga e o açúcar. Aromatize com extracto de baunilha.

Barre o rectângulo de massa com 2/3 do creme, deixando 2 cm nas laterais sem creme e disponha sobre ele as framboesas, reservando algumas para decorar. Enrole com cuidado e coloque num bonito prato de servir. Barre a torta com o restante creme, decore com framboesas reservadas e pistachios picados. Polvilhe com açúcar em pó e sirva.

 

http://donadeliciaatelierdesabores.blogspot.com

 

30.12.20

Ano Novo | Ano Novo de Fernando Pessoa

Miluem

19697070_MfwI9.png

Ano Novo

 

Ficção de que começa alguma coisa!
Nada começa: tudo continua.
Na fluida e incerta essência misteriosa
Da vida, flui em sombra a água nua.

 

Curvas do rio escondem só o movimento.
O mesmo rio flui onde se vê.
Começar só começa em pensamento

 


Fernando Pessoa

 

Foto: https://blogue.rbe.mec.pt/fernando-pessoa-1968383

Fonte: http://artecult.com/tres-poemas-sobre-o-ano-novo/

 

30.12.20

Auld Land Syne - New Year's Eve

Lea Michele

Miluem

 

Should auld acquaintance be forgot

And never brought to mind?

Should auld acquaintance be forgot

And days of auld lang syne?

 

For auld lang syne, my dear

For auld lang syne

We'll tak a cup o' kindness yet

For days of auld lang syne

 

We twa hae run about the braes

And pu'd the gowans fine

But we've wander'd mony a weary fit

Sin days of auld lang syne

 

We twa hae paidl'd i' the burn

Frae morning sun till dine

But seas between us braid hae roar'd

Sin days of auld lang syne

 

For auld lang syne, my dear

For auld lang syne

We'll tak a cup o' kindness yet

For days of auld lang syne

 

And surely ye'll be your pint-stowp

And surely I'll be mine

And we'll tak a cup o' kindness yet

For auld lang syne

 

And there's a hand, my trusty fiere

And gie's a hand o' thine

And we'll tak a right gude-willy waught

For auld lang syne

 

For auld lang syne, my dear

For auld lang syne

We'll tak a cup o' kindness yet

For auld lang syne

 

For auld lang syne, my dear

For auld lang syne

We'll tak a cup o' kindness yet

For auld lang syne

 

Compositores: W. Afanasieff / Kenny G

 

Letras de Auld Lang Syne © Bournemouth Symphony Chorus, Music Mgt., B Lion Music, Megatrax Music, Southern Gypsey Queen, Legendary Notes, Redemption Songs Ltd, Limetree Arts And Music, Other Music Inc., Opc Music Publishing Inc.

 

Pág. 1/13