Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas que eu gosto! E as outras...

Este é o meu espaço, nele partilho as minhas fotos amadoras, as coisas que aprendi e vou aprendendo.

As coisas que eu gosto! E as outras...

Este é o meu espaço, nele partilho as minhas fotos amadoras, as coisas que aprendi e vou aprendendo.

13
Nov19

Lenda das Obras de Santa Engrácia @ Lendas de Portugal

Miluem

Imagem: https://observador.pt

 

 

Lenda das Obras de Santa Engrácia

 

 

 

Diz a lenda que Simão Pires, um cristão-novo, cavalgava todos os dias até ao convento de Santa Clara para se encontrar às escondidas com Violante.


A jovem tinha sido feita noviça à força, porque o seu pai não estava de acordo com o amor de ambos.

 

Um dia, Simão pediu à sua amada para fugir com ele.

 

Na data combinada, no entanto, foi acordado pelos homens do rei, que o vinham prender acusando-o do roubo das relíquias da igreja de Santa Engrácia, situada muito perto do convento.


Para não comprometer Violante, Simão não quis revelar a razão porque havia sido visto no local.

 

Apesar de invocar repetidamente a sua inocência, Simão foi preso e condenado à morte na fogueira.

 

A cerimónia da execução teve lugar junto da nova igreja de Santa Engrácia, cujas obras já haviam começado.

 

Quando as labaredas envolveram o corpo de Simão, este gritou que era tão certo morrer inocente como aquelas obras nunca mais acabarem.

 

Certo é que as obras da igreja iniciadas à época da execução de Simão pareciam nunca mais terminar.

 

De tal forma, que o povo se habituou a comparar tudo aquilo que parece não ter fim às obras de Santa Engrácia.

 

 

Como referenciar: Lenda das Obras de Santa Engrácia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-04 21:36:55]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$lenda-das-obras-de-santa-engracia

 

13
Nov19

Ludoteca

Miluem

Este é o espaço da Ludoteca do Jardim da Almuínha Grande em Leiria.

 

Este Jardim/Parque Público foi inaugurado este ano e situa-se na margem esquerda do Rio Lis. (na do lado direito está o estádio de futebol)

 

 

As esculturas dos corvos (um dos símbolos da cidade) são todas iguais.

 

A pintura, decoração, design, etc, foi feita por alunos de escolas e estão devidamente identificados na sua obra.

 

 

Programa da Ludoteca para o mês de Novembro:

73181680_233036374341913_8190435054740758278_n.jpg

No panfleto estão os contactos para as incrições.