Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As coisas de que eu gosto! e as outras...

Bem-vind' ao meu espaço! Sou uma colectora de momentos e saberes.

As coisas de que eu gosto! e as outras...

28.10.19

««Tradições »» Merendeiras ou Broinhas dos Santos (receita 8) - Broas fervidas do Ribatejo (Receitas da Piteca)

Miluem

Broas fervidas do Ribatejo

 

A receita é da Conceição Alves e retirei do grupo Torres Novas, ela descreveu-as como "as broas fervidas que só os Ribatejanos sabem fazer" e eu, como boa Ribatejana que sou, tive de as experimentar.


Na minha opinião achei que ao tender tinham gordura a mais, escorria-me pelas mãos e ficou alguma no fundo do tacho, para a próxima vou reduzir a quantidade. Mas depois de cozerem ficaram simplesmente maravilhosas! Nós adorámos! :)

 

 

Ingredientes p/ 20 broinhas

 

1 kg de farinha de trigo

250 g de farinha de milho

500 g de açúcar amarelo

2,5 dl de óleo

2,5 dl de azeite

2 colheres (sopa) de canela

2 colheres (sopa) de erva doce moída

50 g de chocolate em pó

0,5 l de café bem forte

 

 

Preparação

 

Misture todos os ingredientes menos as farinhas e leve ao lume a ferver. Quando levantar fervura misturam-se as farinhas mexendo bem até ficar tudo bem envolvido.

 

Tendem-se pequenas broas e vão ao forno a cozer em temperatura moderada (170ºC).

 

Depois de cozidas, passe-as por açúcar branco.

 

Bom apetite!

 

https://pt.petitchef.com/receitas/sobremesa/broas-fervidas-do-ribatejo-fid-1571751

 

28.10.19

««Tradições »» Merendeiras ou Broinhas dos Santos (receita 7) - Broa de Batata doce

Miluem

32077485a2f0a804eb5c0d9b5c4510a2.jpg

Foto: https://i.pinimg.com

 

Broa de Batata doce

 

No dia de Todos os Santos, é tradição em Portugal celebrar-se esta data festiva com a confeção de doces próprios para a ocasião. Por norma, as famílias e/ou os reúnem se para partilharem os doces ou outros alimentos que tenham na mesa para servir – sendo comuns os dióspiros,  frutos secos, castanhas e batata-doce assada.

 

As merendeiras, bolos ou broas dos Santos, como também são conhecidas, estão quase sempre presentes à mesa dos portugueses nesta época. Há diversas receitas destes bolos, que tendem a diferir um pouco de região para região, podendo conter abóbora, batata-doce ou até batata de cozer. Independentemente da receita, a as merendeiras são muito simples de confecionar, embora possa levar algum tempo, sobretudo se tiver a necessidade de levar vários tabuleiros de bolos a cozer.

 

 

Ingredientes p/ cerca de 40 broas:

 

    1 colher (sobremesa) de canela

    1 colher (sobremesa) de fermento em pó

    1 kg de farinha de trigo

    1 ovo

    150 g de sultanas

    2 kg de batata-doce

    300 g de miolo de noz + outros frutos secos a gosto

    700 g de açúcar

    raspa de 1 limão

    sal q.b.

 

 

Confeção:

 

Coza as batatas, sem pele, em água com sal, reduzindo-as depois a puré.

 

Misture a farinha com o fermento e a canela e incorpore no puré de batata, juntamente com o açúcar, a raspa de limão e o ovo batido.

 

Amasse bem e, se necessário, junte mais farinha.

 

Incorpore todos os frutos secos – nozes, sultanas e/ou outros de que goste.

 

Ligue o forno a 160º C.

 

Forre um tabuleiro com papel vegetal e polvilhe com farinha.

 

Com as mão enfarinhadas, retire pedaços da massa e forme bolas (aproximadamente do tamanho de um ovo grande) e espalme-as um pouco.

 

Disponha as bolas de massa no tabuleiro e leve ao forno até as merendeiras ganharem uma cor tostada.

 

Repita a operação de cozedura as vezes necessárias até esgotar a massa.

 

 

http://www.docesregionais.com